Pirenópolis, o bate-e-volta perfeito de Brasília

27 dez, 2014 65 Comments

Pirenópolis é um dos meus lugares favoritos no mundo. Sorte a minha que fica a apenas 1h30 de carro de Brasília. Talvez por isso goste tanto de lá 😉
Para quem vem visitar a Capital com um pouquinho mais de tempo (ou tenha pelo menos dois dias por aqui) é possível se programar e dar uma esticada até essa cidadezinha encantadora, cheia de história e casas coloniais, de janelas e portas coloridas, comida boa e farta e, claro, cachoeiras, trilhas e natureza.

pirenópolis-1

Como chegar em Pirenópolis

De Brasília para Pirenópolis o ideal é que você vá de carro – mas isso é uma questão de comodidade e conforto. É possível ir de ônibus, contratar tours na cidade e se divertir muito sem precisar se estressar dirigindo.

Bom, de carro, saindo de Brasília, há duas opções de estrada – via Águas Lindas e via Abadiânia.

Vai por mim – via Abadiânia é muito melhor!

—–> olha aqui um filminho da nossa roadtrip <—–

Saindo de Brasília, pegue a BR-060 (saída para Goiânia), passando por Alexânia (66Km) e indo em direção à Abadiânia ( mais 29Km). Quando chegar à Abadiânia, entre à direita na GO-338 (basta perguntar para qualquer pessoa do local ou seguir as placas).

São 26 Km até o muncípio de Planalmira. No trevo com a BR-414, siga em frente, continuando na GO-338. Deste ponto, até Pirenópolis, são mais 25Km.

Essa estrada foi recentemente construída está em ótimo estado de conservação e muito bem sinalizada. É duplicada até Abadiânia. A partir dali (GO-338) a pista é simples, mas tem pouco movimento de carro.

  • Onde ficar

pirenópolis-2

Opção de hospedagem é o que não falta. Tem para todos os gostos e bolsos. Vou indicar quatro opções – três nas quais já me hospedei e uma em que ainda não tive oportunidade.

1.  Divina Pousada
Hoje é minha pousada preferida, linda e exclusiva. Não aceita crianças, excelente para casal. Olha aqui o review de nossa estada por lá.
2. Pousada Casa Grande
Muito boa pousada, fica na área mais central, na rua mais bonita da cidade. É da faixa de valor intermediário.
4. Pousada do Sesc
Excelente opção custo x benefício, mas para quem não tem carteirinha de comerciário é praticamente impossível conseguir hospedagem aos fins de semana. Já fiquei muito por lá quando ia a trabalho, porém era sempre durante a semana. O preço é em conta (pelo menos era) e as instalações são ótimas.
5. Casamatta hostel
Esse espaço é de um amigo querido, recomendo de olhos fechados, mesmo ainda não tendo me hospedado por lá (olha o tamanho da responsa!!).

O que fazer em Pirenópolis

Então gente, eu vou para Piri (como a chamam os íntimos) para ir para as cachoeiras. Claro que dá para ficar só na cidade também, comendo e passeando pelas ruazinhas. Tem muitas lojas de artesanato local, de objetos de decoração, de joias, e muitos cafés e restaurantes, bares e tals.

Mas atenção – a maior parte do comércio na área do centro histórico só abre de quinta a domingo. Mesmo assim, muitos estabelecimentos funcionam de segunda a quarta, o que garante um atendimento bom e opções suficientes durante a semana.

pirenópolis-3

Para ver na cidade tem a igreja matriz e a igreja do Bonfim, as casas coloniais, lindas e coloridas e o coreto da cidade. Recomendo dar um pulinho no cinema e no Fórum que são prédios encantadores.

E, claro, a comida aqui é muito boa e comida boa é comigo mesmo. Não posso deixar de indicar a Fazenda Vagafogo e seu brunch esfuziante. Além da comida, se você quiser, dá para combinar diversas atividades como tirolesa, arborismo…

Um lugar muito bacana para conhecer e de fácil acesso é o Pico dos Pireneus. Dá para chegar de carro. Lá você tem uma vista completa da região, dá para ver o morro do Cabeludo (atualmente fechado para visitação) e é possível subir na capelinha que fica no ponto mais alto do morro. Se você tiver uma veia geológica, vai ver milhares de dobras no lugar! Existe um projeto para se fazer um geoparque ali devido a exclusividade de algumas formações existentes no local.

E se você veio até Pirenópolis pelas cachoeiras e natureza, é hora de escolher sua cachoeira do dia, e já vou dizendo, tem muita opção! Todas as cachoeiras que conheço aqui ficam dentro de propriedades particulares, logo o acesso é controlado e é preciso pagar. O valor médio por pessoa para entrar numa cachoeira é R$20 (esse valor varia conforme o lugar). Algumas oferecem estrutura, controlam a quantidade de pessoas que acessam, enquanto outras apenas cobram pela entrada e não oferecem nada.

As cachoeiras mais próximas da cidade são -> Bonsucesso e Valle Dourado.

As cachoeiras mais distantes -> Araras, Rosário e Dragões.

As nem tão perto nem tão longe assim -> Santa Maria, Lázaro e Abade.

Minha cachoeira favorita é a do Abade. Escrevi aqui sobre minha aventura nas trilhas da reserva do Abade.

Vá conhecer Pirenópolis! Se precisar de carona, pode me chamar :mrgreen:

pirenópolis-4

 

Esta é uma sugestão de programação para combinar o dia pelas ruazinhas de Piri e uma cachoeira durante dias em que não está acontecendo nenhum evento cultural na cidade. Pirenópolis é super badalada para esse eventos, que incluem desde encontros gastronômicos até a feira do livro. Durante os eventos, consultem a programação para verificar o que está rolando.

 

** DICA EXTRA

Que tal aproveitar sua ida a Pirenópolis e conhecer uma das mais famosas cachoeiras da região? Tô falando do Salto de Corumbá. Aqui nesse post, a Carol dá todos os detalhes de como aproveitar o dia por lá, vale a pena conferir.

 

Siga as hashtags #EnsaiosEmPiri e #EnsaiosDeViagem para ver mais fotos.

 

Camilla Kafino

65 Comments

  1. Responder

    mery

    31 jul, 2017

    Oi Camila! Obrigada pela informação.
    Vou por Abadiânia e depois conto como foi.

    Bjss

    Responder

  2. Responder

    mery

    28 jul, 2017

    Oi Camila, tudo bom? Amei suas dicas.
    Gostaria de saber se ir p Pirenópolis por Abadiânia agora em 2017 ainda é o melhor caminho?
    Afinal, o post é de 2014, aí bateu a dúvida.
    Obrigada desde já.
    bjs

    Responder

    julho 30th, 2017
    Camilla

    Olá Mery,

    tudo bem? olha, realmente o post já está antigo, mas eu ainda prefiro o caminho por Abadiânia. Até porque atualmente há um pedágio na rodovia e isso a tornou ainda mais segura e melhor cuidada. O trecho fora da rodovia coberta pelo pedágio é curto e pouco movimentado, por isso acho que vale a pena. O último reajuste no valor do pedágio foi em junho e depois disso eu não passei por ali, não sei exatamente qual é o valor, mas deve ser algo em torno de R$3 a R$6. Se você tiver mais alguma dúvida, só perguntar.
    Obrigada pela visita
    um abraço,
    Camilla

    Responder

  3. Responder

    Ana Carolina Miranda

    22 jan, 2017

    Pirenópolis é realmente um encanto! Também adoro!!! Este ano vou explorar melhor as cachoeiras e já anotei suas dicas! Obrigada por indicar o Vamos Por Aí!

    Responder

    janeiro 22nd, 2017
    Camilla

    Oi Carol, já mesmo, Pirenópolis é uma delícia. E se precisar de qualquer ajuda é só chamar 😀 e claro que tinha que compartilhar suas dicas, elas estão excelentes e acho que complementa super bem esse roteiro!
    Um beijo e obrigada pela visita

    Responder

  4. Responder

    Paula Abud

    22 jan, 2017

    Adorei o post, Camila! Quero MUITO conhecer Pirenópolis faz tempo! Seu post só aguçou mais essa vontade 🙂 Obrigada pelas dicas!
    Beijos.

    Responder

    janeiro 22nd, 2017
    Camilla

    Que legal, Paula. Vá mesmo, Pirenópolis é um lugar muito especial e queridinho. Se precisar de qualquer ajuda, só pedir 😀
    Um beijo e obrigada pela visita

    Responder

  5. Responder

    Calabelle Neves

    17 jan, 2017

    Muito obrigada pela resposta Camilla ☺

    Não querendo abusar, mas já abusando
    Você sabe qual o site oficial deles ou o telefone pra reserva? Eu procurei na internet, mas apareceu vários endereços com números diferentes.

    Responder

    janeiro 17th, 2017
    Camilla

    Olha nesse site aqui – https://www.vagafogo.com.br
    O telefone que encontrei foi esse aqui (62) 3335 8515 e (62) 9222 5471.
    Disponha sempre 😀

    Responder

  6. Responder

    Calabelle Neves

    17 jan, 2017

    Olá!
    Você sabe dizer se é preciso fazer reserva para o brunch?

    Responder

    janeiro 17th, 2017
    Camilla

    Olá Calabelle, se for durante a semana, eles só atendem com reserva. Para o final de semana não precisa, mas é bom chegar cedo. Ou, por via das dúvidas e para garantir, não custa reservar 😉
    obrigada pela visita e um abraço,
    Camilla

    Responder

  7. Responder

    Priscilla Fujihara

    8 jan, 2017

    Adorei a dica! Sempre estamos a procura de lugares como esse! Muita natureza, muita tranquilidade e beleza!

    Responder

  8. Responder

    Ana

    3 jan, 2017

    Olá, adorei o seu post
    Mas gostaria de saber quanto você gastou de gasolina ?

    Responder

    janeiro 3rd, 2017
    Camilla

    Oi Ana,
    olha, Pirenópolis fica a cerca de 170 km de Brasília pelo caminho que vai por Abadiânia, o que dá +-340km ida e volta. Meu carro tem autonomia de cerca de 570km (tanque de 55 litros/média de 12km/l), logo numa viagem para Pirenópolis consigo gastar apenas um tanque, mesmo fazendo um passeio para alguma cachoeira.
    Espero ter ajudado, qualquer dúvida, estou à disposição :
    um beijo,
    Camilla

    Responder

  9. Responder

    Evandro

    2 jan, 2017

    Em Março estarei saindo de São Paulo com Destino a Pirenópolis. Cidadezinha que sempre quiz conhecer. E que agora vou realizar meu desejo.. Acredito que sera incrível…

    Responder

    janeiro 3rd, 2017
    Camilla

    com certeza será! Boa viagem =)
    um beijo,
    Camilla

    Responder

  10. Responder

    morgana

    26 dez, 2016

    ola! entao.. pra fazer os passeios em piri, n rola na semana n?? so teria o domingo, seguna e terca… queria saber se vale a pena ou n..

    Responder

    dezembro 27th, 2016
    Camilla

    Oi Morgana,
    rola sim, vale a pena, ainda mais durante a alta temporada, você vai encontrar o comércio aberto sem maiores problemas. Pode ir sem medo!

    Responder

  11. Responder

    Cris

    24 dez, 2016

    Adorei!!! Vc acha que vale a pena tb pra quem vai para Caldas Novas, dar uma esticada até lá?

    Responder

    dezembro 25th, 2016
    Camilla

    Oi Cris,
    acho que super vale a pena. É outra faceta do interior goiano, acho que você vai adorar.
    Qualquer dúvida, só perguntar.
    Um abraço
    Camilla

    Responder

  12. Responder

    Natália

    20 dez, 2016

    Oi, boa tarde! Vou pra piri com as minhas amigas mês que vem e gostaria de saber porque você acha que via abadiânia é muito melhor…

    Vamos sair da asa norte e li em algum lugar que via aguas lindas seria melhor pra quem está na parte norte da cidade!

    Pode ajudar esse grupo de amigas perdidas? hahah não conseguimos decidir por onde ir!

    Obrigada

    Responder

    dezembro 21st, 2016
    Camilla

    Oi Natália,

    antigamente a rodovia da Águas lindas não era duplicada. Hoje, apesar de duplicada, ela tem a velocidade controlada por radar em 60km e é muito movimentada. Depois de Águas Lindas, o trecho que é mão simples, é muito movimentado e sinuoso. Eu prefiro a rodovia que vai por Abadiânia por ser mão dupla até Abadiânia (a maior parte do caminho). Agora ela é uma concessão, tem que pagar pedágio (+- R$4), mas a rodovia está excelente. A partir de Abadiânia, a rodovia que dá acesso a Pirenópolis é mão simples, mas é pouco movimentada de trânsito e menos sinuosa. Em termos de distância, ir por Abadiânia é um pouquinho mais longe (coisa de 20km), mas pela ausência de trânsito no trecho de mão simples, compensa no tempo.
    Espero ter ajudado =) qualquer dúvida, só voltar. E boa viagem para vocês.
    Um beijo,
    Camilla

    Responder

  13. Responder

    Dayana

    19 dez, 2016

    Acabei de ler um post sobre Brasília e já fiquei pensando no roteiro. Aí, acho mais essa opção. Conclusão: Brasília, me aguarde em 2017. E Piri (já tô me achando íntima kkkk), também, hein?

    Uma coisa que adorei saber: comida boa! hahaha Também adooooro!

    Agora, para chegar lá acho que vou adotar a opção do busão porque devo ir sozinha… 🙁 Senão, adoraria seguir a dica do carro e ir via Abadiânia.

    Beijo!

    Responder

  14. Responder

    Amilton

    18 dez, 2016

    Parabéns pelas dicas e pelo post, fiquei com vontade de visitar Piri, vou colocar no meu roteiro da próxima visita a Brasília.

    Responder

    dezembro 19th, 2016
    Camilla

    Oi Amilton, coloque mesmo, você vai adorar Piri 😀
    obrigada pela visita e um beijo!
    Camilla

    Responder

  15. Responder

    Vaneza Narciso

    18 dez, 2016

    Me falaram muito bem de Piri e lendo seu post a vontade nasceu. Tenho familiares em BSB e com certeza estará nos planos visitar esta cidade.

    Responder

  16. Responder

    Itamar Japa

    18 dez, 2016

    Nós visitamos Pirenópolis quando estivemos em Brasilia e foi uma excelente opção. É uma cidade linda com uma arquitetura fabulosa! Infelizmente não fomos para as cachoeiras, pois o tempo estava ameaçando um temporal. Tá aí um motivo pra voltar né!?

    Responder

  17. Responder

    Rozembergue

    18 dez, 2016

    Que delícia! Quero conhecer!

    Responder

  18. Responder

    angela sant anna

    18 dez, 2016

    que cidade gracinha!! adoro essas casas antigas…e vou te dizer que já cai nessa de lugares que só abrem a partir de quinta por causa do comércio, foi meio difícil, mas nessas horas que vale a pena correr para as cachoeiras hauehaue

    Responder

  19. Responder

    Blog Fui Alí

    18 dez, 2016

    Que delícia esse lugar! Não conhecia, mas já me apaixonei. Adoro também os passeios com cachoeiras!

    Responder

  20. Responder

    Gisele Ramos

    18 dez, 2016

    Um amigo goiano está insistindo para que eu visite Pirenópolis, seu post foi o incentivo que faltava!

    Responder

  21. Responder

    Ana Carolina Miranda

    17 dez, 2016

    Passei recentemente por Pirenópolis e fiquei encantada! A cidade está uma graça e pronta para receber os turistas. Pretendo visitar com calma a cidade em 2017

    Responder

  22. Responder

    Daniela Duarte

    17 dez, 2016

    Adorei o post e toda vez q vou para Brasilia lamento nao ter tempo de ir até Piri.
    assim q eu for volto aqui para pegar todas as dicas de novo! 😀

    Responder

  23. Responder

    Klécia

    17 dez, 2016

    Eu queria muito ir na Feira do Livro de Piri! A cidadezinha deve ficar super cheia, né? Adorei as dicas das cachoeiras, sempre pensei em visitar a cidade pelo centrinho charmoso, não sabia que tinham cachoeiras tão legais por lá!

    Responder

  24. Responder

    Fábio Junior Alves

    16 dez, 2016

    Ótima matéria e ótimas dicas, eu adoro o Ensaios de Viagem porque aprendo mais até lendo os comentários.

    Responder

  25. Responder

    Gê Azevedo - Mineiros na Estrada

    16 dez, 2016

    Uma vez que fomos a Brasília, planejamos tudinho para irmos a Pirenópolis. No dia, uma tempestade nos fez adiar os planos. Na próxima, vamos tentar de novo! Parece ser tão linda!

    Responder

  26. Responder

    Carlos Roberto e Gleidys

    16 dez, 2016

    Olha que oportuno chegar a este seu artigo!! Vamos em breve conhecer Pirenópolis. Muito obrigado pelas dicas.

    Responder

  27. Responder

    Adriana Magalhães

    16 dez, 2016

    Tb sou de Brasília e tb adoro Piri. Mas o bom lá é aproveitar tudo, então não recomendo bate e volta e sim ficar pra dormir
    Muito bom o texto, parabéns

    Responder

  28. Responder

    Mariana Bueno

    16 dez, 2016

    Tenho muita vontade de conhecer Pirenópolis!!! Bom saber como ir a partir de Brasília. Dicas anotadas.

    Responder

  29. Responder

    Ester

    16 dez, 2016

    Adorei as dicas, pelo visto este é um lugar que vale a pena conhecer.

    Responder

  30. Responder

    Giulia Sampogna

    16 dez, 2016

    Como o Brasil é gigante, sempre conheço novas cidades em blogs de viagens. Ótimas dicas. Já anotei que quando for a Brasília precisarei de pelo menos 4 dias para poder ir aí também.

    Responder

  31. Responder

    Paloma

    16 dez, 2016

    Que delicia de lugar, sou doida para conhecer e fico só adiando, de Fevereiro não passa!

    Responder

  32. Responder

    eduardo

    10 out, 2016

    boa tarde , gostaria de saber se no percuro de Brasília Piri pela BR060 pagarei pedágio, e se tem estrada de terra nesse caminho alternativo?

    Responder

    outubro 11th, 2016
    Camilla

    Olá Eduardo,
    nesse caminho pela rodovia BR060 agora há pedágio sim, logo antes de Abadiânia, o valor atual é R$4,30. Não há nenhum trecho de terra por esse caminho, tudo asfaltado e tranquilo!
    Qualquer dúvida, estou à disposição,
    um abraço,
    Camilla

    Responder

  33. Responder

    Aderbal

    9 jul, 2016

    Olha valeu pelas dicas….muito boas mesmo…. Estou em bsb há 14 anos e máximo que sai foi pra caldas e Goiânia… Vou este mês em pirinopolis.. Valeu!!!

    Responder

    julho 13th, 2016
    Camilla

    Que joia, Aderbal!
    Aproveite muito, Piri é uma cidade muito gostosa com atração para todos os gostos.
    um abraço e volte sempre,
    Camilla

    Responder

  34. Responder

    Ana

    29 jun, 2016

    Oi Camilla, tudo bem?

    To pretendendo viajar pra Piri semana que vem e o que mais quero fazer é visitar as cachoeiras, mas estarei sem carro. Você sabe me informar a maneira mais facil e barata de visita-las? existe onibus ou algum meio de transporte ou teriamos que fechar tours em agencias? vc recomenda alguma?
    Muito Obrigada,
    Ana.

    Responder

    junho 30th, 2016
    Camilla

    Olá Ana,
    Obrigada pela visita.
    Olha, para visitar as cachoeiras vc vai precisar ou de carro ou fechar passeio porque não existem ônibus que façam os trajetos. Realmente não sei qual seria a mais barata, confesso que nunca fiz tour com nenhuma agência por lá porque sempre voi de carro. Mas se eu tivesse que recomendar, recomendaria você entrar em contato com o Casamatta Hostel. Além de hospedagem eles fazem o serviço de passeios também. Espero ter ajudado e qualquer dúvida, só perguntar 🙂
    Um beijo,
    Camilla

    Responder

  35. Responder

    Filipe Schauer

    28 jun, 2016

    Olá! Sou de SP e irei para Goiânia nesta quinta-feira (30/06), gostaria de ir para Pirenópolis no sábado (02/07) mas não faço ideia de como chegar lá e de como voltar depois, pois não conheço nada. Tem alguma dica para me dar?

    Responder

    junho 30th, 2016
    Camilla

    Olá Filipe,
    Muito obrigada pela visita.
    Eu recomendaria que você alugasse um carro com GPS para ir até Pirenópolos, pois isso te daria mais liberdade de aproveitar a cidade e as atrações. Se não for o caso, há a possibilidade de ir de ônibus, ligue na rodoviária de Goiânia para se informar quais empresas fazem o trajeto e os horários.
    Para dicas de onde ficar o que fazer, tem vários posts aqui no blog, dá uma olhadinha.
    Espero ter ajudado e qualquer dúvida estou à disposição.
    Um abraço,
    Camilla

    Responder

  36. Responder

    Nathalha Lima

    4 jun, 2016

    Olá Camila, como Fasso para mim sair de Brasília Para Pirenópolis de ônibus pois não tenho carro, e perigoso ir só de uma pessoa? não estou conseguindo nenhum contato de ônibus para ir para Pirenópolis o que Fasso ? No aguardo

    Responder

    junho 19th, 2016
    Camilla

    Olá Nathalha,

    para ir de Bsb a Pirenópolis de ônibus a viagem dura cerca de 3 horas. Duas empresas fazem este trajeto.
    1. Empresa Viação Goianésia
    Pirenópolis – (62) 3331-2765
    Brasília – (61) 3233-7891
    De Brasília para Pirenópolis: Todos os dias às 7h30 / 10h00/ 12h00 e 17h00
    De Pirenópolis para Brasilia: Todos os dia às 9h30 / 10h30 / 16h00 e 19h00
    2. Empresa Santo Antonio de transporte e Turismo
    Brasilia – (61) 2195.8712 (61)2195.8774
    OBS: Essa Empresa não entra na rodoviaria, os passageiros são obrigados a descer no trevo de entrada da cidade
    Espero ter ajudado,
    um abraço,
    Camilla

    Responder

  37. Responder

    Elton

    14 abr, 2016

    Amigo, boa tarde

    Estou indo ao Piribier e meu vôo chega em Brasília às 20h.

    Qual melhor opção para duas pessoas para chegar em Pirenópolis?

    grato

    Elton

    Responder

    abril 15th, 2016
    Camilla

    Oi Elton,

    a melhor opção é ir de carro, de Brasília até lá é cerca de 1h30.
    Um abraço,

    Camilla

    Responder

  38. Responder

    Camila Navarro

    3 jan, 2015

    Já tô na dúvida… Será que a gente deve fazer o encontrinho em Brasília ou em Pirenópolis? 😉

    Responder

    janeiro 5th, 2015
    Camilla

    Nos dois Camila!
    Começamos aqui e damos um pulinho por lá =)

    Responder

  39. Responder

    Bóia

    30 dez, 2014

    Oi, Camila. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais e feliz ano novo,
    Boia – Natalie

    Responder

    janeiro 2nd, 2015
    Camilla

    Oi Nat,

    que presentão de ano novo!! já estou terminando os próximos posts da série 🙂

    Um beijo enorme e feliz ano novo pra toda a família VnV
    Camilla

    Responder

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS