Bebê na praia ou piscina – Dicas para levar seu filhote

15 nov, 2016 1 Comments

Resolvi escrever sobre nossas dicas para levar bebê na praia (ou piscina) porque uma das nossas grandes preocupações com o Theo é que ele fique doente.

bebe-praia-1-4

Theo com 3 meses e sua primeira vez na piscina

Para evitar resfriados nessa fase em que ele ainda é tão novinho (atualmente ele está com 7 meses) quando levamos ele pra nadar, na praia ou piscina, tomamos uma série de cuidados que, tenho certeza, fazem a diferença para garantir a diversão e experiência dos pequenos sem comprometer a saúde.

1. A primeira coisa que fazemos é não deixar que ele entre na água de camiseta (ou maiô, no caso das meninas). Mesmo sendo aquela camiseta com proteção uv, que nós usamos e recomendamos muito, na hora de entrar na água o ideal é que ela saia e o bebê entre só com a parte de baixo (sunga, calcinha ou só a fralda mesmo).

A razão disso é simples, como eles não ficam imersos, estão sendo manipulados por um adulto, a parte de cima quando molha, esfria e deixa o corpinho do bebê gelado! Se ele está sem nada, isso não acontece.

bebe-praia-1-2

Theo com 2,5 meses e sua primeira vez no mar. Nosso bebê na praia <3

2. Bebês nessa idade se cansam logo. Fique atento aos sinais do filhote para sair da água antes dele ficar exausto. Isso evita choros desnecessários e que ele fique exposto ao frio por tempo demais. Não adianta levar seu bebê na praia ou piscina e ele terminar chateado! O foco é a diversão.

3. Ao tirá-lo da água, aqueça-o de imediato. Enrole a toalha e tire a fraldinha de nadar. Seque o pequerruxo enrolado na toalha mesmo.

Theo na piscina em Mauritius

4. Coloque uma fralda sequinha e uma roupa bem quentinha. Aqui eu coloco a camiseta uv novamente, se formos ficar mais um pouco. Visto também um casaquinho, uma calça e pantufinhas nos pés. Claro que depende do lugar onde você está e a temperatura que está fazendo, mas sempre considere que ele sai com frio da água, teve um grande gasto calórico e que deve ser aquecido por um tempinho.

bebe-praia-1-7

Theo e seu biquinho na praia em Mauritius

5. E o truque final é a mamada 🙂 por menor que seja o tempo que seu filhote fique na água, o gasto energético para ele é muito alto e deve ser reposto em seguida. O ideal é que não se amamente/alimente o pequeno antes de entrar na água apenas para evitar que gorfe. Aqui eu sigo a ordem do dia, se a hora de entrar na água coincide com a hora de comer, dou o peito e espero uns 20 min, que é o tempo entre arrotar e paramentar o baixinho pro mergulho. Mesmo tendo mamado antes, sempre, sempre mesmo, alimente o baby quando sair da água.

bebe-praia-1-10

Porque somos mamíferos <3

Esses são meus truques para levar nosso bebê na praia ou piscina e por enquanto tem dado super certo. O Theo entrou na água pela primeira vez com três meses. Desde então costumo levá-lo pra piscina pelo menos uma vez por semana. Só evitei quando o clima estava mais frio. Ele adora e eu também 🐠
#TheoNoMundo

E vocês, como fazem com os pequenos na hora de nadar? Deixa sua dica aí nos comentários 🙂

Siga o Ensaios de Viagem no Instagram: @ensaiosdeviagem

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ensaiosdeviagem

Camilla Kafino

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS