Alto Paraíso, Chapada dos Veadeiros

6 mar, 2016 25 Comments

Já fazia muito tempo que eu não ia para a Chapada dos Veadeiros, mesmo sendo o quintal de casa! Era hora de voltar e me “refamiliarizar” com o cerrado daquelas bandas de Goiás. Mesmo sendo perto, a viagem leva cerca de 3h, Alto Paraíso fica a 240 km de Brasília. Talvez por isso eu demore mais para ir lá, preguicinha da estrada 🙂

chapada-dos-veadeiros-8

Para quem vem a Brasília, é preciso um pouco mais de tempo para esticar até a Chapada, eu diria pelo menos três dias, pois você vai se cansar da viagem na ida e na volta e por lá você vai precisar rodar um bocado também para chegar nas cachoeiras e atrações.

Como chegar na Chapada dos Veadeiros

De Brasília para Alto Paraíso, que é a cidade principal da região da Chapada, o ideal é que você vá de carro – mas isso é uma questão de comodidade e conforto. É possível ir de ônibus, contratar tours na cidade e se divertir muito sem precisar se estressar dirigindo.

De carro, saindo de Brasília, o acesso é feito pela BR-020 (sentido Sobradinho e Planaltina de Goiás) e GO-118 (sentido Alto Paraíso de Goiás). É só ficar atento às placas – que muitas vezes aparecem em cima da saída que você deveria pegar!

—–> aqui está o caminho no GoogleMaps <—–

São 90 km de Brasília até o município de São Gabriel. Continuando na GO-118, serão mais 62 km até São João D’Aliança. Deste ponto, até Alto Paraíso, são mais 88 km.

Essa estrada é bastante movimentada e a pista é simples a partir da divisa dos estados DF/GO. É preciso atenção, pois se cruza muitos pequenos municípios, então tem bastante quebra-molas, vários com sinalização precária. Pelo menos o estado de conservação da rodovia estava bom quando passamos por ali (out/2015).

Onde ficar na Chapada dos Veadeiros

chapada-dos-veadeiros-4

Opção de hospedagem é o que não falta. Tem para todos os gostos e bolsos. Ressalto que nos hospedamos apenas em Alto Paraíso nessa viagem, mas você pode optar pelo vilarejo de São Jorge ou ainda a cidadezinha de Cavalcante.

Em Alto Paraíso, vou indicar três opções de hospedagem – duas nas quais me hospedei e uma em que ainda não tive oportunidade, mas que já me foi muitíssimo bem recomendada.

  1.  Pousada Maya
    É uma pousada linda e exclusiva, faz parte da coleção de pousadas do Roteiros de Charme. Olha aqui o review de nossa estada por lá.
  2. Fazenda Loquinhas
    A Fazenda Loquinhas oferece um complexo de cachoeiras de bem fácil acesso em Alto Paraíso e fica a apenas 3 km do centro. Dentro da fazenda há uma pousada chamada Druid’s Pousada Xamânica do Cerrado. Ficamos hospedados lá com um grupo de amigos, o lugar ficou exclusivo pra gente, o que foi muito bacana. A pousada é simples, na verdade é mais uma casa com quartos estilo suíte. Tem uma boa sala que serve de espaço de convivência e mais uma área de café da manhã (incluso). A cozinha fica aberta para uso dos hóspedes. A grande vantagem é o acesso às cachoeiras. Por estar hospedado lá, você pode usufruir das cachoeiras antes e depois do horário de visitação, o que garante mergulhos no melhor estilo all by yourself!! É da faixa de valor mais em conta. Contato (62) 9662-2115.
  3. Pousada Casa Rosa
    Essa é a pousada que ainda não me hospedei, mas que amigos de grande confiança me indicaram e que está na minha lista para testar da próxima vez. Ela está localizada no final da rua principal de Alto Paraíso e tem como opção de hospedagem chalés e apartamentos. Essa é da faixa de preço intermediária.

O que fazer na Chapada dos Veadeiros

Quando vou pro meio do cerrado, vou pra fazer trilhas e chegar nas cachoeiras. Claro que tem várias outras opções de turismo, é possível fazer passeios de bicicleta, andar de balão, escalar paredões, fazer rapel, observar a fauna do cerrado (ou os pássaros), ou ainda dá para ficar só na cidade comendo e passeando. Tem muitas lojas de artesanato local, de objetos de decoração, muitos cafés e restaurantes, bares e tals. Fora toda a parte mística que envolve a região, com suas histórias de disco voador e alienígenas.

chapada-dos-veadeiros-3

Na estrada (indo ou vindo para Alto Paraíso) aproveite para observar o Morro da Baleia e pare para fazer lindas fotos no Jardim de Maitreya (placas na estrada, bem fácil de achar). Se quiser experimentar os sabores tradicionais da chapada, pare no bar do Waldomiro e experimente a cachaça artesanal que ele fabrica – se você estiver dirigindo, não experimente aqui, compre e leve para degustar quando já estiver na cidade ou em casa.

A Chapada é muito grande, além do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, existem muitas cachoeiras na região. Só em Alto Paraíso são 120 catalogadas!! Não pense que você conseguirá ver tudo de uma vez.

chapada-dos-veadeiros-6

Dadas essa informações e se você veio até a chapada pelas cachoeiras e natureza, é hora de escolher sua cachoeira do dia!

***Aqui tem um roteiro descritivo com 7 cachoeiras para você escolher!***

Todas as cachoeiras que conheço aqui ficam dentro de propriedades particulares ou dentro do Parque, logo o acesso é controlado e é preciso pagar na maioria delas. O valor médio por pessoa para entrar numa cachoeira é R$20 (esse valor varia conforme o lugar).

Algumas oferecem estrutura, controlam a quantidade de pessoas que acessam, enquanto outras apenas cobram pela entrada e não oferecem nada. Sempre vá preparado para fazer as trilhas, com roupa adequada para caminhadas no cerrado (isso inclui caminhada por cima de rochas, então aposte em um tênis ou botinha), muito protetor solar, afinal o cerrado é uma região mega ensolarada e com uma altitude média de 1.300 metros (aumenta a incidência solar), água suficiente para ir e voltar e um lanchinho, porque ninguém é de ferro – e porque na maioria dos lugares você não vai ter onde comprar nada mesmo.

Essas são as cachoeiras que visitei durante a viagem -> Loquinhas, Almécegas, Raizama, Vale da Lua, Catarata dos Couros, Macacos e o Parque Nacional. Existem muitas outras opções, vale conferir.

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

O Parque é patrimônio mundial natural da Unesco desde 2001, tem uma área enorme (65 mil ha). A entrada do parque fica no vilarejo de São Jorge, que dista 36 km de Alto Paraíso. Atualmente não há cobrança de ingresso para entrar. Na recepção você preenche uma ficha com seus dados e recebe todas as orientações a respeito do parque – horário de funcionamento, quais as trilhas permitidas, se estão funcionando e como está a quantidade de água nas cachoeiras.

Existem hoje na parque quatro trilhas permitidas para acesso ao turismo – a Trilha dos Saltos, a Trilha dos Cânions, a Trilha da Seriema e a Travessia das Sete Quedas. Essa última foi aberta recentemente e é a única que permite o pernoite acampado no parque – está na minha listinha futura!

chapada-dos-veadeiros-7

O parque funciona de terça a domingo (se segunda for feriado, ele abre e fecha no próximo dia útil), a entrada é permitida das 8h às 12h e você tem que sair do parque até às 18h.

Cada trilha tem uma capacidade máxima de pessoas e quando essa capacidade é atingida você não poderá mais entrar. Por isso é importante chegar cedo nos dias e épocas de maior movimento.

—–> olha aqui um filminho da nossa roadtrip <—–

Em todas as atrações da chapada não é necessário guia para entrar (nem mesmo no parque). Porém, se você não conhece a região, vale a pena contratar alguém ou se familiarizar muito bem com os mapas da atração para você não se perder.

Vá ao Centro de Visitantes na rua principal de Alto Paraíso para pegar todas as informações que precisar.

Agora é aproveitar esse paraíso das águas, escolher uma cachoeira e relaxar no cerrado tem de melhor para oferecer!

chapada-dos-veadeiros-1

Essas dicas foram baseadas em uma viagem que tenha como base a cidade de Alto Paraíso de Goiás e na qual você esteja de carro.

Leia mais sobre a Chapada dos Veadeiros:

Cachoeiras da Chapada dos Veadeiros – 7 atrações incríveis para você colocar no seu roteiro

Pousada Maya – opção de charme na Chapada dos Veadeiros

 

 

Siga o Ensaios de Viagem no Instagram: @ensaiosdeviagem

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ensaiosdeviagem

Camilla Kafino

25 Comments

  1. Responder

    Viviane

    9 jan, 2017

    Ótimas dicas!!! Quero muito conhecer a Chapada do Veadeiros!!!

    Responder

  2. Responder

    Edson Amorina Jr

    9 jan, 2017

    Olá Camilla, que post lindo. Eu tenho bastante vontade de ir para esses lados mas ainda não tive oportunidade, preciso muito rever.
    Abraço
    Edson

    Responder

  3. Responder

    Viajar pela história - Catarina Leonardo

    9 jan, 2017

    Ainda não tinha ouvido falar de Chapada dos Veadeiros. Parece ser um sitio bem bonito e com muita coisa para fazer. Obrigada!

    Responder

  4. Responder

    Taís

    8 jan, 2017

    Cada vez que vejo informações e fotos da Chapada fico mais doida ainda pra conhecer. Que lugar sensacional! Tenho muito o que rodar pelo Brasil ainda e espero um dia ter oportunidade de ir conhecer esse lugar tão incrível! <3

    Responder

  5. Responder

    Gisele Ramos

    8 jan, 2017

    Que lugar incrível! A Chapada dos Veadeiros definitivamente está na nossa lista de destinos a conhecer!

    Abraço,

    Responder

  6. Responder

    Priscilla Fujihara

    8 jan, 2017

    Que lugar fascinante!! E místico também hehe
    Lindas fotos e excelentes dicas, parabéns!!

    Responder

  7. Responder

    Patricia

    8 jan, 2017

    Chapada é um lugar mágico e místico. Adoro!!
    Tem tanta coisa pra fazer que precisa ser revisitada muitas vezes.

    Responder

  8. Responder

    Cristina Ferreira Rocha

    8 jan, 2017

    Cada dia que vejo uma foto ou um post sobre a Chapada, mais vontade fico de conhecer esse lugar! Post super completo e informativo, parabéns!

    Responder

  9. Responder

    flavia donohoe

    7 jan, 2017

    esse lugar é mesmo mágico, eu que também sou de Brasília adoro a Chapada, infelizmente deveria ir mais vezes, e agora que moro fora sinto falta! Ótimo guia Camila, me deu uma saudades ♥♥

    Responder

  10. Responder

    Márcia Silveira Pessoa

    6 jan, 2017

    Camila, não cheguei a visitar a chapada. Mas passei por alto paraíso e até almocei por lá! A cidade é muito transcendental!!! Achei a maior vive!!!

    Responder

  11. Responder

    Deisy Rodrigues

    6 jan, 2017

    Aí um destino que preciso conhecer, amei as dicas de hospedagem e essas cachoeiras nesse calor iria cair muito bem.

    Responder

  12. Responder

    Cristina

    6 jan, 2017

    Uau, que maravilha de lugar! E qtas maravilhas nosso Brasil ainda guarda pra conhecermos! Anotado na lista de sonhos!

    Responder

  13. Responder

    Juliana Brandão

    6 jan, 2017

    Fui à Chapada em Maio de 2016 em nossas férias no Brasil.
    Eu amei tanto, mas tanto!!
    E fiquei na Pousada Maya, uma das que você indica, foi uma experiência além do maravilhoso. Que café da manhã espetacular, que vista!

    Ainda preciso voltar para explorar mais esse lugar. 🙂

    Responder

  14. Responder

    Roberta Landeweerd

    6 jan, 2017

    Ótimo roteiro. Adorei!

    Responder

  15. Responder

    Mariel Aragao

    6 jan, 2017

    Ai que delícia de viagem!!! Seu post só me deixou com mais água na boca para conhecer a Chapada dos Veadeiros! Tudo que eu queria era estar embaixo de uma dessas cachoeiras nesse exato momento!

    Responder

  16. Responder

    Eloah Cristina

    6 jan, 2017

    Que post incrível! Fiquei encantada com as fotografias da Chapada dos Veadeiros.
    Sempre quis conhecer, mas nunca tinha lido com tanto detalhe sobre lá.
    Vou salvar o link e começar a me planejar em breve.
    Obrigada!

    Responder

  17. Responder

    Aline DP

    6 jan, 2017

    Q lugar lindo! Tanta coisa ainda pra explorar nesse Brasil! Qual época vc acha ser a melhor para visitar a chapada? Já fui a Goiânia no verão e no final do inverno e é sempre muuiiito quente, mas no verão chove muito no fim do dia. Isso atrapalha muito?

    Responder

  18. Responder

    Gabi

    6 jan, 2017

    Maravilhoso esse lugar! Tenho visto cada foto de lá, uma mais linda que a outra!
    As suas estão lindas também, inspirou muito para conhecer Goiás 😉
    Um abraço!

    Responder

  19. Responder

    Mariana Bueno

    6 jan, 2017

    Impressionada com tanta beleza! O Brasil realmente tem lugares fantásticos, e às vezes tão perto da gente né?

    Responder

  20. Responder

    Michela Borges Nunes

    6 jan, 2017

    Ainda não conheço a Chapada dos Veadeiros, mas é um pedaço do paraíso né? Pelo menos, me senti assim lendo o post e vendo as fotos. Que lugar lindo!

    Responder

  21. Responder

    Fábio Junior Alves

    6 jan, 2017

    ótima postagem, Chapada dos Veadeiros é um dos lugares que vamos visitar em 2017 e suas dicas já estão salvas aqui!

    Responder

  22. Responder

    Patrícia

    10 abr, 2016

    Você não comentou, mas para quem tem dificuldades em caminhar, recomendo as fazendas próximas do vilarejo de São Jorge. Uma delas é “morada do sol”, um local com piscinas naturais, cachoeiras e cânions do rio São Miguel. Nível de dificuldade fácil. Quem tem mais focado o parque nacional, sugiro hospedar-se na vila de São Jorge (tem algumas ousadas bem legais, com boa estrutura), pois consegue-se entrar bem cedo, facilitando a caminhada nas trilhas.

    Responder

    abril 15th, 2016
    Camilla

    Oi Patrícia,
    obrigada pela visita e pela colaboração. Não comentei porque não fui à Morada do Sol =) e como falo no texto, eu só fiquei hospedada em Alto Paraíso. Mas, realmente, para quem tem interesse apenas no Parque, ficar hospedado em São Jorge facilita bastante o acesso.

    um abraço e volte sempre!
    Camilla

    Responder

  23. Responder

    Bóia

    4 abr, 2016

    Oi, Camila. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    Responder

    abril 7th, 2016
    Camilla

    Oi Nat,

    que honra!! que demais 🙂
    um beijo e obrigada,

    Camilla

    Responder

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS