Barcelona em 3 dias – Roteiro Dia 2

2 nov, 2015 3 Comments

Sabe aquelas dicas de viagem que a gente reforça sempre, tipo, para verificar a validade dos documentos, confirmar reservas…?

Sabe o ditado ‘casa de ferreiro, espeto de pau‘? É meus amigos, esqueci de por em prática um conselho dos bons para todo viajante – checar se durante as datas em que estaria na cidade havia algum feriado. E, claro, havia, senão essa história não faria o menor sentido!barcelona-14

Fato é que saímos todos felizes em nosso segundo dia pela linda Barcelona e esse seria o dia mais majestoso porque incluía a visita às casas modernistas de Gaudí. Antes de começar a jornada, pegamos o metrô para o escritório de turismo da cidade. O horário de funcionamento dizia que abria às 9h e já era quase 10h e nada. O comércio também estava bem pouco movimentado, com algumas poucas lojas abrindo por volta das 11h. Bom, paramos em um Starbucks para pegar um café e acessar a internet e descobrir o que estava acontecendo. Foi quando constatamos nossa mancada – era feriado e o escritório de turismo não funcionaria aquele dia! Hora de traçar um plano B para a programação do dia, que agora já estava bem curto dado o tempo que levamos para descobrir nosso vacilo.

Decidimos descer a rua (Passeig de Gràcia) para ver as fachadas das casas Batló, Milá, Amatler e Lleo Morera, já que agora não teríamos tempo para as visitas internas.

barcelona-01

barcelona-02

barcelona-03

barcelona-04

Dali seguimos mais tranquilos para visitar a Sagrada Família. Chegamos de metrô, e o impacto do primeiro olhar sobre aquele edifício foi traduzido tão sabiamente pelas palavras da Patrícia (Turomaquia) que aqui as transcrevo:

Uma experiência única visitar um monumento que ainda se está construindo…

barcelona-05

Uma boa dica ao chegar é dar uma volta na praça que fica na frente para ver mais ângulos do prédio e depois dar uma volta na própria Sagrada Família pelo lado externo para ver os detalhes de todos os ângulos. Só então entre na fila para comprar as entradas

Valor geral €13,50, há outros tipos de ingresso que podem ser combinados com entradas de outras atrações na cidade. Há desconto para estudantes e idosos. A entrada não inclui a subida até a torre, que é vendida separada no lado de dentro por €4,50 e com filas homéricas.

Daria para ficar um dia inteiro aqui devido a história do lugar e de todos os detalhes que há para ver.

barcelona-09

Eu fui tomada de surpresa ao entrar na Sagrada Família. Aquelas luzes coloridas que entravam pelos vitrais me transportaram no tempo e no espaço e me encheram de alegria por poder presenciar tamanha beleza. Era diferente de tudo o que eu já havia imaginado e visto, era lindo. Foram algumas horas olhando e admirando tudo aquilo, lendo as placas e descobrindo os segredos daquele lugar. Encontramos o túmulo de Gaudí!

Uma dica bacana é aproveitar a lojinha na saída que é uma graça e tem várias coisas interessantes, especialmente ímãs. Comprei um set com 4.

Uma curiosidade que vale a pena contar – a Sagrada Família, desde o início, esta sendo construída com doações de particulares, o que era um desejo de seus fundadores. Quando você compra o bilhete de entrada, está também colaborando para a finalização desta obra de arte. Imagina poder contar aos seus filhos/netos/sobrinhos que você ajudou a construir a Sagrada Família! Um feito para ficar na memória.

 

Como nossa programação estava toda confusa e ainda tínhamos esperança de ver as casas da Manzana de la Discordia ainda durante esse dia, voltamos até a rua Passeig de Gràcia, tentamos mais uma vez o escritório de turismo (não custava nada tentar) e tristemente constatamos que não conseguiríamos fazer a visita. Mas como férias são férias, bola pra frente que Barcelona tinha muita coisa para ser explorada. Paramos para decidir onde iríamos num tradicional bar de tapas do Passeig de Gràcia e, algumas delicinhas depois, rumamos em direção ao bairro gótico.

barcelona-15

Em nosso caminho vimos o mural da porta férrica, a segunda muralha construída em Barça. As ruelas estreitas e as construções medievais dão o clima gótico do bairro. Descobrimos uma feirinha super charmosa (Fira de Santa Llucia), uma catedral com partes preservadas de eras passadas e suas gárgulas.

barcelona-16

barcelona-17

barcelona-23

Seguimos as dicas da Patrícia e passamos pela Plaza del Rey, o Templo de Augusto e a praça Jaume I. Cada um desses lugares com muita história pra contar. Pena que já havia escurecido e perdemos um pouco da beleza do bairro. A noite, as ruas ficam pouco iluminadas, o que dá uma atmosfera de época, mas reduz nossa observação. Topamos com uma exposição miniatura no meio da praça e com mais uma escultura moderninha que eu chamei de ‘Grampinho’.

 

Era hora de encerrar o dia, mas antes nos jogamos num chocolate quente com churros para aquecer a caminhada até o metrô 🙂

…enquanto vocês esperam pelo roteiro do dia 3, aproveitem os posts que já escrevemos!

Leia mais sobre Barcelona:

Barcelona no Inverno

Nosso hotel em Barcelona – Pestana Arena Barcelona

Barcelona em 3 dias – Roteiro Dia 1

 

 

Siga o Ensaios de Viagem no Instagram: @ensaiosdeviagem

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ensaiosdeviagem

Camilla Kafino

3 Comments

  1. Responder

    Eliane

    16 jun, 2016

    Adorei a matéria !! Estou planejando em breve uma viagem a Europa e com certeza vou incluir Barcelona e esse roteiro de 3 dias. Ótimas dicas

    Responder

    junho 19th, 2016
    Camilla

    Olá Eliane,

    muito obrigada pela visita. Tomara que você se encante com Barcelona como eu. E se precisar de mais dicas, só pedir!
    um beijo,

    Camilla

    Responder

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS