Alambique Cambéba – cachaça e muito charme pertinho de Brasília

18 out, 2016 8 Comments

E quem poderia imaginar que na beira da estrada entre Brasília e Goiânia haveria um lugarzinho tão simpático onde é produzida uma cachaça centenária que guarda em sua história um pouquinho da própria história do Brasil? Nossa última descoberta nos arredores de Brasília foi o Alambique Cambéba e seu recém-inaugurado bistrô.

alambique-cambeba-1-9Os 85 km de Brasília até lá, pela BR060, passam rápido. Para não se perder, use o outlet como referência – ele vai estar à esquerda e logo depois dele você vai avistar o casarão colonial branco e azul e a caixa d’água verdinha do Cambéba, daí é só seguir até o próximo retorno.

Nesse trecho da rodovia você não pagará pedágio.

Para visitar o alambique, também não.

alambique-cambeba-1-5

Alambique Cambéba – cachaça e bistrô

Mas se você vai vir até aqui, por que não aproveitar para descobrir os sabores locais do cardápio assinado pelo chef com formação Cordon Bleu e tudo? Um luxo com preços bem camaradas em pleno cerrado goiano. E com direito a harmonização com as cachaças da casa, é claro.

alambique-cambeba-04-1

Quem traz a bebida é ninguém menos que o Sr. Galeno, o simpático e brincalhão dono do local. Junto com a cachaça, Galeno nos traz um pouco da história de sua família que está a mais de duzentos anos envolvida com a fabricação da cachaça. Uma rara oportunidade de conhecermos fatos tão interessantes que moldaram, de certa forma, boa parte da história de nosso próprio país. Um privilégio.

O Sr. Galeno é um apaixonado pelo que faz e suas palavras nos levam a viajar pelo mundo inteiro quando ele começa a nos contar dos lugares por onde já passou para levar a cultura da cachaça. Em sua missão de vida está ver a cachaça genuinamente brasileira ser uma marca registrada e cada vez mais valorizada, assim como é o whisky para a Escócia ou o champagne para a França.

alambique-cambeba-1-6

Nós resolvemos almoçar primeiro e só depois fazer o passeio pelo alambique.

Anota aí – antes de começar o passeio, vá ver a vista do vale! Coisa linda aquele cerrado verdinho. Lá no fundo, perto do horizonte, é onde ficam as plantações de cana do alambique Cambéba. Há quem diga que lembra a Toscana =) talvez seja o vale, talvez sejam as mesinhas charmosas da varanda, talvez o vento fresco. Talvez tudo isso junto.

alambique-cambeba-1

alambique-cambeba-1-2

Hora de conhecer as etapas da produção da cachaça. Todos os detalhes, desde como é feita a plantação e a colheita da cana, onde param os caminhões, para onde vão os bagaços da cana e tudo mais sobre o processo de produção que você quiser saber são explicados ali. Visitamos a área das caldeiras, os lindos alambiques e a adega.

alambique-cambeba-1-3

alambique-cambeba-1

alambique-cambeba-1-1

alambique-cambeba-1-2

O ponto alto do passeio, com certeza, é a charmosa adega subterrânea, onde ficam armazenados os barris da bebida, a 5 metros de profundidade. O aroma é inebriante e a atmosfera do lugar te transporta para outras lembranças com facilidade. Outro privilégio poder desfrutar dessa oportunidade.

alambique-cambeba-1-10

alambique-cambeba-1-7

alambique-cambeba-1-8

No final da visitação ainda entramos em um barril gigante de cachaça! O aroma da bebida ainda está impregnado na madeira, uma delícia.

E se você não teve tempo de reparar na chegada, não deixe de visitar a recepção do alambique antes de ir embora. Ali você também vai fazer uma boa viagem no tempo observando os objetos antigos – rádio, telefone, máquina de escrever. Faça isso enquanto encomenda as suas cachaças. Você vai poder escolher a bebida por tempo de envelhecimento – a branca, mais nova, até uma de 12 anos. Os preços variam de R$70 a R$300, a garrafa.

alambique-cambeba-1-15

Só a título de curiosidade – 95% dos 20 mil litros engarrafados por mês no alambique Cambéba vai para os Estados Unidos.

Fica nossa dica, aprovadíssima, para um programinha diferente, charmoso e saboroso bem pertinho de Brasília. Lembrem só de levar o motorista da vez, caso resolvam fazer a degustação das cachaças no alambique mesmo :mrgreen:

alambique-cambeba-1-3

#TheoNoMundo sendo o amigo da vez 😉

Serviço:

Almoço – de terça a domingo das 11h00 às 15h00 (aos domingos até as 17h).

Jantar – de quinta a sábado das 18h00 a meia-noite.

A loja funciona de 9h00 as 17h00 e aceita cartão de crédito.

O passeio guiado tem duração de 1h com direito a degustação de cachaça gratuita.

Recomendamos ligar e confirmar os horários de funcionamento e a política de reservas.

Alambique Cambéba

BR 060 – Km 21, Serra do Ouro, Fazenda Brioso, Alexânia, Goiás.

Telefone: (62) 3336-2220 (61) 9981-5868

 

 

 

Siga o Ensaios de Viagem no Instagram: @ensaiosdeviagem

E curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ensaiosdeviagem

Camilla Kafino

8 Comments

  1. Responder

    Me Leva Embora

    21 dez, 2016

    Que delícia de passeio! Anotado para a próxima ida à Capital Federal 🙂

    Responder

    dezembro 23rd, 2016
    Camilla

    Eba! Tomara que você goste 🙂
    um beijo

    Responder

  2. Responder

    Everton Palaoro

    12 nov, 2016

    Deu até vontade de provar uma cachacinha agora no almoço. top!

    Responder

    novembro 12th, 2016
    Camilla

    Oi Everton,
    se você tiver oportunidade de conhecer o Alambique Cambéba, vá, a cachaça é realmente muito boa =)
    Muito obrigada pela visita, um beijo e volte sempre.
    Camilla

    Responder

  3. Responder

    Natalie

    6 nov, 2016

    Oi, Camilla. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    Responder

    novembro 8th, 2016
    Camilla

    Oi Nat!!

    muito obrigada 🙂
    um beijo

    Responder

  4. Responder

    Isa

    23 out, 2016

    Tem opções vegetarianas no almoço?

    Responder

    outubro 23rd, 2016
    Camilla

    Oi Isa,
    tem sim, claro =)
    eu fui de risoto de cogumelos. Estava ótimo. Se for um dia pouco movimentado é possível até conversar com o chef e tentar outras opções.
    Um beijo,
    Camilla

    Responder

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS